Outros Setores

APICULTURA

É a atividade de criar abelhas (Apis mellifera L.), com o objetivo de produção de derivados como o mel, a cera, a geleia real, a própolis, o pólen, e ainda, prestar serviços de polinização às culturas vegetais.

No âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural PDR2020 pode candidatar-se à ação 7.12 Apoio Agroambiental à apicultura, através da operação 7.12.1 Apoio Agro-ambiental à apicultura. Esta operação visa proporcionar um apoio aos apicultores que, para além de desenvolverem a atividade apícola em condições mais exigentes do que as previstas na legislação específica, localizem as colónias de abelhas em áreas mais remotas, como são as Zonas de Montanha, de forma a assegurar um nível adequado de atividade apícola que contribua para a conservação da biodiversidade dessas áreas.

O Gabinete de Planeamento e Políticas é a entidade responsável pelo Programa Apícola Nacional e pelas Medidas de apoio à produção apícola: Assistência Técnica aos Apicultores e Agrupamentos de Apicultores; Combate à Varroose; Racionalização da Transumância; Apoio aos Laboratórios de Análises do Mel e Apoio ao Repovoamento do Efetivo Apícola Programas de Investigação Aplicada. Esta atividade tem por base legislação nacional e comunitária 

Para mais informação consultar:

Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina em Portugal

A DGAV procede à divulgação do  Plano de formação para 2018, inserido no Plano de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina em Portugal. Os pedidos de formação devem ser dirigidos à DGAV, sendo prioritários os requeridos pelas Comunidades Intermunicipais.

Medidas de Apoio no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural – Continente PDR 2020 existem apoios destinados ao desenvolvimento das explorações agrícolas ou atividades conexas.

PDR 2020 – Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

  • Ação 3.1. Jovens Agricultores

Operação 3.1.1. Jovens Agricultores

  • Ação 3.2. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.1. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.2. Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas

 

HELICICULTURA

É a criação sistematizada em cativeiro, com fins comerciais, de caracóis terrestres comestíveis.

Trata-se de uma atividade enquadrada no âmbito do Novo Regime do exercício da Atividade Pecuária -   NREAP.

 Helicicultura é o processo de criação e exploração de caracóis. A produção de caracóis em larga escala exige um investimento considerável em tempo, equipamento, e recursos.

Potenciais interessados nesta actividade devem analisar cuidadosamente estes factores, pois todos os casos de explorações instaladas, passaram por uma fase de adaptação, até atingir a melhor solução para as condições específicas do local instalado.

O regime legal é o mesmo que se aplica a outras produções, como de minhocas, caracóis ou de bovinos.

Medidas de Apoio no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural – Continente PDR 2020 existem apoios destinados ao desenvolvimento das explorações agrícolas ou atividades conexas.

PDR 2020 – Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

  • Ação 3.1. Jovens Agricultores

Operação 3.1.1. Jovens Agricultores

  • Ação 3.2. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.1. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.2. Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas

Para mais informação consultar:

Guia Digital de Helicicultura

 

RANICULTURA

Uma atividade relativamente nova, trata da produção de rãs em cativeiro. A cadeia produtiva compreende: a criação de rãs (ranários), a indústria de abate e processamento e a comercialização dos produtos oriundos da ranicultura.

A criação de rãs é um negócio emergente na Península Ibérica, aproveitando o enorme mercado de importação existente em França, Suíça e Alemanha, e as condições de produção excelentes nas regiões mais quentes. O consumo de carne de rã só se generalizou na gastronomia europeia por volta do século XVI, e apesar de proibido o seu consumo pelo livro Levítico da Bíblia, a procura do anfíbio não para de aumentar em todo o mundo.

O regime legal é o mesmo que se aplica a outras produções, como de minhocas, caracóis ou de bovinos.

Medidas de Apoio no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural – Continente PDR 2020 existem apoios destinados ao desenvolvimento das explorações agrícolas ou atividades conexas.

PDR 2020 – Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

  • Ação 3.1. Jovens Agricultores

Operação 3.1.1. Jovens Agricultores

  • Ação 3.2. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.1. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.2. Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas

Para mais informação consultar:

 

PRODUÇÃO E UTILIZAÇÃO DE MINHOCAS

A produção e utilização de minhocas é uma atividade importante para a fertilização e recuperação dos solos, através da sua produção de húmus. É um animal extremamente útil para a agricultura, porque vive todo o seu ciclo de vida dentro da terra. A minhoca com a sua ação de perfurar, formar galerias subterrâneas e descompactar melhora as propriedades físicas, químicas e biológicas do solo. Uma das opções de melhoria da qualidade do solo passa pela aplicação, na terra, ou diretamente junto às plantas, do húmus produzido pelas minhocas.

Para além da produção de húmus, as minhocas podem também ser usadas como isco para a pesca e para produzir farinha, dado o seu elevado teor de proteínas.

COMPOSTAGEM COM MINHOCAS

Vermicompostagem, ou compostagem realizada quase exclusivamente por minhocas, surge como opção simples de reciclar os resíduos alimentares e de obter húmus com excelentes propriedades para fertilização do solo, sem recurso a fertilizantes sintéticos, preservando o ambiente e aproveitando para conhecer melhor este ser vivo.

Por possuir uma maior duração no solo,  o húmus de minhoca também oferece uma quantidade alta e constante de nutrientes diversificados, além de garantir a proliferação de micróbios e bactérias essenciais para os processos enzimáticos da planta e do solo. Com essa nutrição as raízes crescem mais fortes e os metais pesados são aos poucos eliminados do solo.

Além disso, o húmus de minhoca ajuda a regular o pH da terra, pois seu próprio pH tende ao pH neutro. Esse equilíbrio do solo dispensa o uso de grandes quantidades de adubos, mesmo que orgânicos, e garante maior qualidade da agricultura orgânica como um todo.

As medidas para este setor na organização comum de mercado continuam a centrar a sua política nas organizações de produtores  (OP), tendo mesmo a última reforma reforçado esta orientação.

É, pois, fundamental a organização entre agentes do mesmo setor e entre estes e os restantes setores, definindo objetivos comuns de forma a obter melhores resultados ao longo da cadeia alimentar.

Medidas de Apoio no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural – Continente PDR 2020 existem apoios destinados ao desenvolvimento das explorações agrícolas ou atividades conexas.

PDR 2020 – Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

  • Ação 3.1. Jovens Agricultores

Operação 3.1.1. Jovens Agricultores

  • Ação 3.2. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.1. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.2. Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas

Para mais informações consultar:

  • IFAP – Práticas Agrícolas Benéficas para o Clima e o Ambiente (Greening) – Despacho Normativo n.º1-C/2016, de 11 de fevereiro, estabelece o regime de certificação ambiental no âmbito das práticas agrícolas benéficas para o clima e o ambiente (Greening).