Preparação do Terreno

Nas culturas arbóreas e arbustivas, como os pomares e a vinha, a preparação do terreno, para instalação da cultura, deve ser efetuada com base nos resultados do estudo do perfil do solo até à área potencialmente explorada pelas raízes.  Assim, pode-se determinar com maior rigor a aptidão do solo, necessidade ou não de mobilização profunda, drenagem e aplicação de corretivos orgânicos ou minerais.

A drenagem, quando necessária, deve ser efetuada antes da preparação do solo e da instalação das culturas.

Deverá também planear-se o traçado dos caminhos de acesso e circulação de máquinas na parcela, racionalizando os circuitos a efetuar para realização de todas as operações culturais, de forma a evitar passagens desnecessárias.

Nas culturas anuais, a preparação do terreno pode condicionar o seu sucesso uma vez que influencia as condições do enraizamento profundo e largamente repartido no solo.

As técnicas e os equipamentos a utilizar dependem do material disponível, do teor de humidade do solo e das condições meteorológicas no momento da preparação do mesmo.

Regra geral, nunca se deve trabalhar um solo demasiado húmido, propício a fenómenos de compactação (formação de calo de lavoura), deve diminuir-se o número de passagens de maquinaria agrícola recorrendo a operações combinadas, que também terão influência na retenção de humidade na cama da semente

Quando necessário, tendo em vista a destruição de zonas compactadas, pode ser necessário a prática de mobilização profunda, de preferência sem reviramento de leiva.

Outras práticas de preparação do solo a ter em consideração são a sementeira direta ou a mobilização mínima do solo quando, por razões ambientais, seja necessário recorrer a um coberto vegetal durante o Inverno.

Na instalação de culturas pratenses e forragens permanentes deve ter-se em consideração a época de sementeira, a densidade de sementeira, a profundidade de sementeira e os métodos de sementeira.

Uma boa preparação de terreno traduz-se numa maior produção/remuneração para o Agricultor/ Produtor.

Medidas de Apoio aos agricultores no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural – Continente PDR 2020:

Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

  • Ação 3.2. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.1. Investimento na Exploração Agrícola

Operação 3.2.2. Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas

Para mais informações pode consultar: